Corretor Online

CBLog

Cinco materiais para economizar na sua obra

Economizar durante a execução de uma obra não é apenas uma vontade, é uma necessidade para muitos que se aventuram a construir ou reformar. E uma das formas mais interessantes de racionalizar os custos é optando por materiais inteligentes.

Afinal, o custo com matéria-prima é um dos que mais exercem pressão sobre o valor final de uma obra, portanto, economizar nessa parte é fundamental para garantir os bons resultados da obra como um todo.

Portanto, confira cinco opções de materiais que podem ser utilizados para economizar na obra:

1) Tijolos cerâmicos

O uso de blocos de alvenaria autoportante – também chamados de tijolos maciços – pode ser uma boa alternativa para economizar com materiais em uma obra. A princípio, ele pode não parecer a melhor opção se observada a grande necessidade desse material para uma obra completa. Mas, por funcionarem simultaneamente como estrutura e vedação, os materiais autoportantes podem ser usados sem acabamento, deixando um ar rústico e ajudando o seu bolso.

2) Drywall

Indicado para ambientes secos, o drywall é um composto formado por aço galvanizado misturado ao gesso acartonado. Como vantagem, seu uso resulta em uma obra mais limpa e também mais econômica. Formado a partir do composto de uma rocha, a gipsita, ele tem sido mais usado em todo o mundo como opção para paredes por ser, ao mesmo tempo, resistente e leve. Do ponto de vista econômico, é um material mais barato e simples de ser transportado e instalado.

3) Concreto polido

O revestimento dos pisos é um dos pontos mais importantes de uma obra. E tem se popularizado o uso do concreto polido, antes muito comum apenas em ambientes públicos e aberto a grande circulação de pessoas. Por suas vantagens econômicas, de limpeza e de manutenção, essa alternativa tem começado a se destacar também como opção na construção de casas. Apresenta ainda a vantagem de poder ser pigmentado na cor da preferência do proprietário, facilitando a personalização da decoração.

4) Telhados de zinco

Os telhados de zinco também têm se firmado como opções econômicas para as obras. Mais leves, mais fáceis de instalar e com menor exigência de madeira para suportar a estrutura, essas telhas podem ainda receber uma camada de tinta antitérmica para diminuir a transferência de calor.

5) OSB

A sigla vem do inglês e significa “painel de tiras de madeira orientada”, em tradução livre. Na prática, esse é um material feito com madeira de reflorestamento, muito resistente e versátil para ser usado na decoração. Se assemelha ao madeirite e ao MDF por também ser um derivado da madeira e possuir diferentes densidades com diferentes aplicações.

Entre as vantagens estão o seu preço, sua resistência, versatilidade na decoração e respeito ao meio ambiente, já que o material é feito com madeira de reflorestamento e apresenta menos impacto ambiental.

Leia Também

Aluguel Nunca Mais: 5 Dicas do Especialista!

Aluguel Nunca Mais: 5 Dicas do Especialista!

Em todo final de ano, a maioria das pessoas fazem metas para serem alcançadas no novo ano que se aproxima. Cremos que o ano de […]

Leia Agora
Qual seu perfil para realizar o sonho da casa própria?

Qual seu perfil para realizar o sonho da casa própria?

Todo mundo sonha em ter a casa própria, um cantinho só seu, com a sua cara. Ao mesmo tempo esse sonho demanda verba, planejamento e […]

Leia Agora
A importância da casa própria para um autônomo

A importância da casa própria para um autônomo

Todo trabalhador formal sonha em ter a casa própria. Imagina quem é autônomo! Esse profissional, não trabalha de carteira assinada, nem sempre tem uma renda […]

Leia Agora